Você sabe como ter sorte na vida?

Sabe como fazer as coisas conspirarem a seu favor?

Será que o que você faz para a sorte se manifestar encontra respaldo na ciência? Ou é mera superstição?

No artigo de hoje, vamos descobrir como ter sorte utilizando o que há de mais avançado nos estudos sobre o tema. Analisaremos em detalhes:

  • Por que as pessoas acreditam em sorte
  • O que é sorte
  • Como ter sorte na vida, segundo a ciência
  • O que aconteceria se você tivesse mais sorte na vida

O primeiro passo é enender por que as pessoas acreditam em sorte. Para isso, vamos ver um vídeo que gravei sobre o assunto.

Por que as pessoas acreditam em sorte

Conta a história que Michael Jordan, considerado por muitos o maior jogador de basquete de todos os tempos, usava dois shorts em suas partidas.

Por baixo da bermuda do Chicago Bulls, time que o consagrou, o jogador usava a bermuda da Universidade da Carolina do Norte por acreditar que trazia sorte.

Obviamente, a bermuda da sorte era o fator de menor importância no desempenho de Jordan. O sucesso do jogador dependia muito mais do talento, do aperfeiçoamento constante e dos colegas de time.

A questão é: por que mesmo pessoas de alto desempenho como Michael Jordan acreditam em sorte? Qual é o papel dos amuletos da sorte nos resultados?

Segundo um estudo da Koeln University, quando uma crença em uma superstição é ativada, a performance em uma atividade motora ou cognitiva tende a aumentar.

Essa melhoria ocorre por conta de um mecanismo de autoeficácia percebida. Ou seja, quando as pessoas sentem que estão com sorte elas agem de acordo.

Sentindo-se sortudas, as pessoas se consideram mais capazes para enfrentar desafios. E com essa maior disposição acabam conseguindo melhores resultados práticos.

Isso nos leva a uma questão: o que, de fato, significa ter sorte?

O que é sorte

Como ter sorte

Se formos olhar no dicionário, sorte geralmente é definida como uma força sem explicação que influencia de forma favorável certos acontecimentos.

Se formos recorrer a grandes filósofos, como Sêneca, vamos descobrir que sorte é aquilo que acontece quando a preparação se encontra com a oportunidade.

Já se formos ver o que estudos científicos, como o da Koeln University, dizem, o melhor é ver a sorte simplesmente como uma crença.

A percepção da sorte como uma crença também foi analisada por pesquisadores.

A University of California publicou que, se você for acreditar em sorte, o melhor é que sua crença seja em se ver como uma pessoa sortuda.

Neste estudo, foram comparadas pessoas que acreditam que a sorte é algo estável e pessoas que creem que a sorte é passageira.

O resultado mostra a você como ter sorte na vida.

Como ter sorte na vida, segundo a ciência

Como ser uma pessoa com sorte

Na pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, as pessoas que acreditavam ser sortudas obtiveram resultados práticos melhores do que aquelas que acreditavam que a sorte é algo passageiro.

As pessoas que acreditam na sorte como um atributo estável mostraram um nível maior de autodeterminação.

Por se sentirem mais confiantes, essas pessoas tendem a ser mais ousadas em suas ações e decisões.

Com isso, correm atrás de seus objetivos pessoais com mais persistência e assim conseguem melhores resultados práticos.

Por outro lado, quem acredita que a sorte é um elemento imprevisível, aleatório ou passageiro, não se vê no controle dos resultados. E assim acabam agindo menos e obtendo resultados piores.

O que a ciência nos ensina aqui é que a sorte influencia sim em atividades motoras e cognitivas. E o que o melhor a fazer é alimentar a crença de que você é uma pessoa que sabe como ter sorte.

Pare de depender da sorte e faça o seu dever de casa

Sorte

Quando você tem conhecimento, capacidade e confiança, querer saber como ter sorte é apenas um mero detalhe. Nessa situação, você não precisa da sorte para fazer a diferença.

A sorte por si mesma não é capaz de gerar resultados práticos. A Universidade da Pensilvânia mostrou isso em um estudo com alunos que se preparavam para o exame TIMSS (Trends in International Mathematics and Science Study).

O resultado da pesquisa foi que os estudante que mais acreditavam na sorte foram os que tiveram pior desempenho no exame.

A razão é simples. Eles acreditavam que sabiam como ter sorte e por isso não precisavam estudar tanto.

Isso é bem diferente do caso do Michael Jordan. O jogador também acreditava saber como ter sorte, mas além disso ele treinava, se preparava e se dedicava como poucos.

Se você quer acreditar que é naturalmente sortudo e isso te faz bem, ótimo. Você pode continuar usando seu talismã, seu amuleto ou seu ritual da sorte. Mas não fique dependendo da sorte para obter seus resultados.

O que aconteceria se você tivesse mais sorte na vida

Como ter sorte na vida

Qual é a reposta, então, para a pergunta “como ter sorte na vida”?

Para saber como ter sorte na vida, você precisa se preparar para aproveitar as oportunidades que aparecem. E, se elas não aparecerem, você mesmo precisa criar suas oportunidades.

Claro que você pode conhecer pessoas que têm sorte mesmo sem se preparar nem correr atrás de oportunidades. Mas essas são poucas exceções que confirmam a regra.

Em vez de querer ser uma dessas raras exceções, use a razão. Faça o seu dever de casa e esteja preparado para aproveitar as oportunidades da melhor maneira.

Não adianta apenas querer saber como ter sorte. É melhor ter vontade de se preparar para ter sorte.

Esse preparo coloca você em uma posição de poder aproveitar ao máximo as oportunidades adiante. Com mais confiança, determinação e vontade, você estará pronto para dar o seu melhor e colher os resultados.

Aliás, para quem quer ter esse tipo de preparo, eu convido a assistir a uma aula especial do curso Desenvolvimento Pessoal sobre como alcançar melhorias em sua vida começando por você mesmo.

Seiiti Arata

Orientador nos cursos Arata Academy, que já impactaram dezenas de milhares de estudantes em cinco continentes. Profissional de desenvolvimento pessoal considerado escolha número um (top of mind) por líderes, empresários, estudantes e formadores de opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não perca essa oportunidade:
Comece a mudar agora mesmo

Basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext