O designer Ryder Carroll foi muito jovem diagnosticado com problemas de aprendizado. Depois de muito sofrer, ele decidiu que não queria mais ser uma pessoa desfocada e improdutiva.

Após estudar sobre produtividade pessoal e testar várias técnicas, ele decidiu criar um método próprio para registrar o passado, organizar o presente e planejar o futuro. O método Bullet Journal.

Rapidamente o que era apenas um método de produtividade pessoal começou a se espalhar pela internet. Carroll lançou um livro que logo se tornou best-seller e o transformou em um especialista na arte de viver intencionalmente.

Neste Resumo Arata Academy, vamos ver em detalhes:

  • Por que o Método Bullet Journal foi criado
  • O que é Bullet Journal
  • Como utilizar um diário em tópicos para ter mais produtividade
  • Como seria sua vida se você aplicasse o Método Bullet Journal

O primeiro passo é entender as razões por trás da criação desse método de produtividade.

Por que o Método Bullet Journal foi criado

Ryder Carroll

Imagine que você é uma criança com todas as características que compõem o estereótipo do chamado nerd.

Você é inteligente, curioso e quer sempre aprender detalhadamente como as coisas funcionam. Só que, ainda muito jovem, você é diagnosticado com transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH).

Essa é uma doença que se manifesta em crianças entre 6 e 12 anos e as faz ter desatenção, hiperatividade e impulsividade inconsistentes com a idade. Ainda hoje é uma condição de difícil tratamento, mas na época do diagnóstico de Carroll era ainda pior.

Diante dessa encruzilhada, ele tinha duas opções. A primeira era aceitar sua limitação e viver de acordo com ela. A segunda era criar um método que o permitisse ir além das suas dificuldades.

E foi exatamente isso que ele fez.

Percebendo que focava em coisas demais ao mesmo tempo, Carroll começou a estudar sobre organização, disciplina e produtividade. Como bom nerd, sempre buscando estudos científicos como fonte de conhecimento.

Esse não foi um trabalho rápido. Na verdade, durou 25 anos até que ele chegasse ao que hoje é conhecido como Método Bullet Journal.

O que é Bullet Journal

Método Bullet Journal

Bullet Journal é um método de produtividade pessoal que tem como objetivo trazer clareza para sua mente, cultivar sua curiosidade e permanecer focado nas suas intenções.

Com ele, você consegue mais facilmente fazer a transição de uma vida distraída para uma vida vivida com intenção.

Pense no Bullet Journal como uma forma de organizar no papel os mais de 500 mil pensamentos que você tem em um único dia. Como uma forma de parar de ser ocupado e passar a ser produtivo.

Sabe o sentimento de sobrecarga que muitos de nós temos pela quantidade de coisas que temos a fazer? Esse é o custo de termos a liberdade de poder escolher fazer qualquer coisa.

Ter que tomar uma decisão a cada pensamento que surge consome tempo e energia. Existe até um nome técnico para isso: fadiga de decisão, o que leva muitas pessoas a não decidirem nada no final das contas.

Ansiedade, estresse e até burnout são algumas das consequências de não saber como decidir o que fazer. Nós sentimos que estamos perdendo o controle da nossa própria vida.

O método Bullet Journal se propõe a amenizar esse problema. Para isso, ele advoga que devemos externalizar nossos pensamentos para clarear a nossa mente.

A forma de externalizar nossos pensamentos é escrevendo-os com papel e caneta em um diário.

Como utilizar um diário em tópicos para ter mais produtividade

Diário

Pense no método Bullet Journal como um inventário em papel da sua mente. Nesse papel, você deve escrever:

  1. As coisas que você precisa fazer
  2. As coisas que você deveria estar fazendo
  3. As coisas que você quer fazer

A analogia é a de que definir essas coisas na mente é como tentar agarrar água com as mãos. Quando você tira da mente e põe no papel, é possível capturar tudo com clareza.

A partir dessas três listas simples, você pode decidir em que vai investir seu tempo e sua energia. O próximo passo é perguntar-se: por quê? É responder duas simples questões:

  1. Isso é vital?
  2. Isso importa?

Por que você está fazendo essas coisas que listou? Elas realmente importam ou estão apenas sugando meu tempo e minha energia para nada?

Essas perguntas nos permitem eliminar responsabilidades desnecessárias. O que você identificar como mera distração pode ser cortado da sua lista.

Aula Especial

Como descobrir seus valores

Descubra segredo nº 1 que pessoas comuns estão usando para assumir o controle do próprio futuro aprendendo a montar um plano de vida capaz de transformar os seus maiores sonhos em realidade, passo a passo e começando absolutamente do ZERO!

Quero receber a aula

Para cada item que você cortar da lista, você fica menos distraído. E pode focar no que realmente importa.

A partir daí o Bullet Journal se assemelha mais a técnicas de produtividade mais conhecidas. Ele recomenda, por exemplo, que você quebre metas maiores em passos acionáveis menores e simplifique ao máximo.

Uma meta está simples o suficiente quando:

  • Não tem barreira de entrada
  • Tem clareza do que precisa ser feito
  • Não dura muito tempo (idealmente menos de um mês)

Caso você tenha uma meta que dure mais de um mês, divida em pedaços menores que se adaptem a esse período de tempo.

Assim você pode ir testando se realmente quer aquela meta e ir adaptando mês a mês. Essa é uma excelente maneira de aproveitar melhor o seu tempo.

Dessa forma, o Bullet Journal torna-se como um mapa com o qual você navega pela sua vida. É preciso criar o hábito de manter esse mapa atualizado.

Esse hábito pode tomar apenas 5 minutos do seu dia, mas vai compensar em muito pela economia de tempo e de energia em tarefas desnecessárias.

Ao mesmo tempo, o diário acaba se tornando um registro das quais pelas coisas você se interessou em cada época da sua vida. Das coisas que você testou e do que não testou.

Formatando o Bullet Journal na prática

Embora exista uma versão oficial física do Bullet Journal, qualquer caderno pode ser formatado de acordo com os padrões do método.

Separe as primeiras páginas do caderno para fazer um índice.

Em seguida, deixe as quatro folhas seguintes para o Registro Futuro. Divida cada página em três, uma para cada mês do ano.

Esse espaço servirá para guardar tarefas futuras e eventos fora do mês atual.

A próxima seção será justamente o mês atual, chamado de Registro Mensal. Coloque o nome do mês no topo da página e, para cada linha do caderno, adicione o dia do mês e o dia da semana. Por exemplo:

  • Abril
  • 1 S
  • 2 T
  • 3 Q
  • 4 Q
  • 5 S
  • 6 S
  • 7 D
  • 29 Q
  • 30 Q

Na página logo ao lado você coloca toda sua lista de coisas a fazer para aquele mês.

A partir daí cada página é chamada de Registro Diário.

O Registro Diário é como uma lista de coisas a fazer para cada dia, incluindo eventos e anotações diversas. Você pode adicionar uma estrela ou asterisco nas tarefas mais importantes.

Ao final de cada mês, você fará a Migração, o processo mensal de filtrar o conteúdo insignificante do seu caderno, passando para o mês seguinte somente o que ainda faz sentido.

Como seria sua vida se você aplicasse o Método

Bullet Journal

Muita gente reclama da quantidade de coisas a fazer, da falta de capacidade de focar em um único objetivo, da dificuldade em ter clareza do que fazer a seguir.

Se você adotar o método Bullet Journal será capaz de:

  1. Refletir: ter mais clareza mental criando um inventário em papel do que está na sua cabeça. Adotar o hábito de refletir para se livrar do que não importa.
  2. Idealizar: focar no que você realmente quer e começar a trabalhar em pequenos projetos passíveis de ação.
  3. Dedicar: criar o hábito de se dedicar a atualizar o seu diário, o mapa com o qual você vai viver intencionalmente a sua própria vida.

Claro que esse método não é um remédio único que vai curar todos os seus problemas de produtividade. Mas ele é sim uma excelente ferramenta de gestão pessoal para você adicionar ao seu arsenal de técnicas para ser uma pessoa mais efetiva, focada e satisfeita.

No nosso curso Produtividade Ninja você aprende fundamentos e várias dessas técnicas para produzir mais e melhor. Acesse o Produtividade Ninja e receba gratuitamente uma aula especial sobre gerenciamento do seu tempo.

Seiiti Arata

Orientador nos cursos Arata Academy, que já impactaram dezenas de milhares de estudantes em cinco continentes. Profissional de desenvolvimento pessoal considerado escolha número um (top of mind) por líderes, empresários, estudantes e formadores de opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4.771 membros Ícone do Desafio jfb_p_buttontext

Não perca essa oportunidade:
Comece a mudar agora mesmo

Basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext