Se você quer emagrecer com saúde, comendo refeições saborosas e sem passar fome, aqui vai a solução: adote uma dieta low carb.

Milhões de pessoas ao redor do mundo têm utilizado essa estratégia comprovada pela ciência para perder gordura, manter a massa magra e ainda melhorar sua saúde de uma maneira geral.

Em vez de tentar emagrecer comendo comidas sem graça, se preocupando em comer de 3 em 3 horas ou contando calorias, você pode simplesmente reduzir o consumo de um único macronutriente para ter o corpo que sempre sonhou.

Neste artigo, eu vou explicar passo a passo como você pode adotar uma dieta low carb da maneira mais efetiva possível, reduzindo as principais dificuldades e eliminando mitos sobre esse tipo de alimentação.

Continue lendo este artigo para saber:

  • Por que a ciência tem apontado a dieta low carb como a mais eficiente para quem deseja emagrecer com saúde
  • O que significa a expressão low carb
  • Como adotar uma dieta low carb eliminando apenas 2 ingredientes
  • Que mudanças seu corpo vai sofrer após a adoção da low carb

Vamos começar entendendo por que a dieta de baixo carboidrato é a mais eficaz para quem busca emagrecimento e qualidade de vida.

Por que a ciência tem apontado a dieta low carb como a mais eficiente para quem deseja emagrecer com saúde

Dieta Low Carb

Diversas pesquisas recentes têm mostrado que a verdadeira causa do ganho de peso não é “comer mais calorias do que se gasta”, mas sim uma desregulação hormonal provocada por uma alimentação baseada em produtos industrializados, de baixa densidade nutricional, consumidos frequentemente.

O hormônio mais afetado por essa alimentação de má qualidade é a insulina, responsável por metabolizar carboidratos e gorduras e assim promover a absorção da glicose do sangue pelos tecidos muscular e adiposo. Assim, a insulina faz com que a gordura seja estocada no seu corpo em vez de ser utilizada como fonte de energia.

Dos três macronutrientes (proteína, carboidrato e gordura), é o carboidrato que causa a maior alta da insulina quando consumido. Em termos simples, os carboidratos elevam a glicose no sangue, o que aumenta a insulina, o que promove o acúmulo de gordura no corpo.

Da mesma forma que o seu corpo se torna resistente a cafeína quanto mais café você toma, você também se torna resistente a insulina quando ela está constantemente presente no seu organismo.

A alimentação padrão ocidental, repleta de alimentos industrializados e cheios de carboidratos, faz com que muitas pessoas estejam sempre com fome, sempre beliscando, sempre engordando.

Por isso, uma das melhores soluções para aprimorar sua saúde, ter mais energia e queimar gordura no corpo é adotando a chamada dieta low carb.

O que significa a expressão low carb

Low carb

Dieta low carb é uma expressão que caracteriza uma alimentação baixa em carboidratos quando comparada com a quantidade média de carboidratos consumida pela maioria da população.

Caso as pessoas se alimentassem apenas com comidas naturais, minimamente processadas, o consumo mais baixo de carboidratos seria natural.

Mesmo os alimentos naturais mais altos em carboidratos (tubérculos, frutas, raízes) são baixos neste macronutriente quando comparado a produtos industrializados como biscoitos, refrigerantes e sorvetes.

Agora, qual a quantidade diária de carboidrato ingerida que caracteriza uma dieta low carb?

No livro The Primal Blueprint, Mark Sisson especifica algumas faixas de consumo de carboidratos.

Tenha em mente que essas faixas são apenas uma média e que além da quantidade, você deve observar também a qualidade dos alimentos. Apenas como referência, vamos conhecer quais são as faixas de consumo.

300g ou mais ao dia: Perigo de saúde e ganho super acelerado de peso

Para a maioria das pessoas, consumir mais de 300g de carboidratos por dia é receita certa para um ganho rápido de peso, e infelizmente também para um aumento exponencial de chances de problemas de saúde dos mais diversos tipos.

A alimentação tradicional recomendada pela pirâmide alimentar e afins gira em torno de 300g de carboidratos por dia como base da sua alimentação.

É sob esse valor que a maioria dos macronutrientes nas embalagens de produtos estão calculados e é um valor fácil de se consumir no dia a dia se você continuar consumindo açúcar e trigo.

de 150g a 300g ao dia: Ganho contínuo e rápido de peso

Esta faixa é onde os mesmos perigos para a saúde e ganhos de peso acontecem, embora de maneira mais lenta. O estímulo de liberação de insulina que seu corpo tem nessa faixa de consumo inibem a queima de gordura mesmo se você se exercitar.

Nessa área é onde a maioria das pessoas que comem menos e se exercitam mais caem, sem obter sucesso no emagrecimento.

de 100g a 150g ao dia: Faixa de manutenção ou perda de peso

É possível manter o peso ou mesmo ganhar músculo e perder gordura nessa faixa facilmente se exercitando. Nessa faixa você consegue, por exemplo, exercitar-se mais duramente sem problemas. Essa é a faixa interessante se você está fisicamente ativo, está satisfeito com o seu peso e não quer emagrecer.

Aula Especial

Como descobrir seus valores

Descubra segredo nº 1 que pessoas comuns estão usando para assumir o controle do próprio futuro aprendendo a montar um plano de vida capaz de transformar os seus maiores sonhos em realidade, passo a passo e começando absolutamente do ZERO!

Quero receber a aula

de 50g a 100g ao dia: Perda de peso sem esforço

Essa é a faixa ótima para emagrecer. É a faixa onde você perde gordura corporal mesmo sem se exercitar intensamente, desde que consuma uma boa quantidade de proteína de qualidade, gorduras boas e algum carboidrato vindo de fontes naturais.

de 20g a 50g: Cetose e perda de peso super acelerada

O corpo entra em cetose quando consumimos tão poucos carboidratos que o corpo muda completamente para usar a gordura como principal fonte de energia.

Dietas como Atkins, South Beach ou Dukan incentivam os seguidores a entrarem em cetose porque é aqui que a perda de peso ocorre de forma mais rápida. O problema é que essa é uma faixa extremamente restritiva e, portanto difícil de seguir.

Como adotar uma dieta low carb eliminando apenas 2 ingredientes

Açúcar e trigo

O modo mais simples de começar uma dieta low carb é eliminar da sua alimentação dois ingredientes: açúcar e trigo. E também não deve procurar por substitutos ao trigo, como por exemplo biscoitos feitos de farinha de centeio, arroz, milho ou qualquer outro grão.

Pode parecer pouco, mas se você eliminar esses dois ingredientes, não poderá comer vários produtos industrializados altos em carboidratos que fazem disparar a insulina no seu organismo, promovendo o acúmulo de gordura.

Pense em tudo o que tem açúcar, trigo ou os dois. Pão, macarrão, sorvete, biscoito, chocolate, refrigerante, doces, coxinha, bolo, etc. etc. etc.

Você pode estar pensando que, com isso, não vai sobrar nada para você comer. Isso é um erro.

Carnes, ovos, laticínios, hortaliças, sementes, oleaginosas e frutas são os alimentos nos quais você deveria basear a sua alimentação.

Vamos pensar em um dia típico com a dieta low carb para ver como ela pode ter um cardápio delicioso e nutritivo.

Você acorda e toma café-da-manhã com um omelete de ovos com bacon, queijo parmesão e orégano, acompanhado de uma xícara de café com leite.

Na hora do almoço, devora um belo prato de carne acompanhado de uma salada de hortaliças. De sobremesa, uma porção de morangos com creme de leite, bem geladinho.

À noite, você pode finalizar o dia com um peixe assado no forno com manteiga e azeitonas verdes, acompanhado de legumes refogados na manteiga.

E o melhor: você não precisa regular a quantidade desses alimentos. Em outras palavras, você pode comer até se sentir satisfeito, pois o paradigma aqui é controlar a qualidade, não a quantidade dos alimentos.

Que mudanças seu corpo vai sofrer após a adoção da low carb

Baixo carboidrato

Você já imaginou como seriam os seus dias se você não tivesse que se preocupar em comer de 3 em 3 horas. Se não tivesse que sentir fome ao longo do dia. Se não tivesse que controlar a quantidade do que você come.

Pense como seria ter um fluxo constante de energia e disposição ao longo do dia. Ter a possibilidade de consumir refeições extremamente saborosas e nutritivas. E ainda assim ter a alegria de ver a estrutura do seu corpo mudar, diminuindo diariamente o seu percentual de gordura.

Tudo isso é possível com a adoção da dieta low carb baseada em alimentos minimamente processados e de alta densidade nutricional.

Agora, não adianta você fazer uma simples dieta pontual. Nenhuma dieta pontual funciona a longo prazo. O que você precisa é adotar um verdadeiro estilo de vida low carb.

Claro que tudo o que falei aqui foi de forma bastante simples e objetiva. Para você que quer se aprofundar nesse assunto, eu convido a conhecer melhor o nosso programa Emagrecimento Natugood.

Seiiti Arata

Orientador nos cursos Arata Academy, que já impactaram dezenas de milhares de estudantes em cinco continentes. Profissional de desenvolvimento pessoal considerado escolha número um (top of mind) por líderes, empresários, estudantes e formadores de opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

784 membros Ícone do Desafio jfb_p_buttontext

Não perca essa oportunidade:
Comece a mudar agora mesmo

Basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext