Você sabe dizer, com evidência científica, qual é a melhor dieta para emagrecer?

A resposta para essa pergunta pode salvar milhões de vidas. Economizar bilhões em tratamentos de saúde. E amenizar o sofrimento de quem tem que conviver com doenças relacionadas à obesidade.

Para responder à pergunta, um criterioso estudo científico foi realizado. Pesquisadores compararam 11 dietas diferentes em mais de sete mil pessoas.

O resultado chega a ser surpreendente. Neste artigo, vamos ver qual foi a conclusão e analisar:

  • Qual é a melhor dieta para emagrecer, segundo a ciência
  • O que a comparação das dietas nos ensina
  • O princípio da individualidade e a importância da adesão
  • O que aconteceria se você trocasse a melhor dieta para emagrecer por uma reeducação alimentar individualizada?

Eu também gravei um vídeo que explica tudo em detalhes. Vamos começar por ele.

Qual é a melhor dieta para emagrecer, segundo a ciência

https://youtu.be/cJph2JauSbc

A pesquisa Comparison of Weight Loss Among Named Diet Programs in Overweight and Obese Adults: a meta-analysis comparou 11 dietas famosas em mais de sete mil pessoas e chegou a uma conclusão sobre qual é a melhor dieta para emagrecer:

Na média, tanto faz.

Todas as 11 dietas resultaram, na média, em uma perda de cerca de 8 quilos em intervalos de 6 a 12 meses comparadas com um indivíduo que não fez dieta alguma no mesmo período.

Foram analisadas as seguintes dietas de marca:

  1. Atkins: dieta de baixo carboidrato criada nos anos 1960 pelo Dr. Robert Atkins.
  2. Volumetrics: regime de macronutrientes moderados criada pela Dra. Barbara Rolls baseada na densidade de energia promovida pelos alimentos.
  3. Ornish: dieta de baixa gordura criada pelo professor Dean Ornish que categoriza os alimentos em cinco grupos, de mais a menos saudáveis.
  4. Jenny Craig: regime de macronutrientes moderados criado em 1983 baseada em uma série de receitas recomendadas.
  5. Rosemary Conley: regime de baixa gordura que se tornou um dos grandes grupos de emagrecimento dos Estados Unidos ao lado do Vigilantes do Peso.
  6. South Beach: dieta de baixo carboidrato dividida em fases criada pelo Dr. Arthur Agatston.
  7. Zone: dieta de baixo carboidrato com foco em alimentos anti-inflamatórios criada pelo Dr. Barry Sears.
  8. Biggest Loser: regime de macronutrientes moderados utilizado no programa de televisão de mesmo nome.
  9. Nutrisystem: dieta de macronutrientes moderados que inclui shakes e refeições prontas preparadas.
  10. Vigilantes do Peso: dieta paga de macronutrientes moderados baseada em um sistema de pontuação de acordo com os alimentos consumidos.
  11. LEARN: sigla para “Lifestyle, Exercise, Attitudes, Relationships, and Nutrition”, uma dieta e estilo de vida baseada em fases, que incluem dieta de baixa gordura e um regime moderado de macronutrientes.

Está gostando deste texto?

Conecte seu Facebook para encarar desafios, encontrar parceiros e vencer seus objetivos. É gratuito, basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext

O que a comparação das dietas nos ensina

Melhor dieta para emagrecer
O estudo, publicado no volume 312 do JAMA (Journal of the American Medical Association), comparou dados de 48 pesquisas científicas diferentes, filtrando aqueles que apresentavam metodologias fracas ou imprecisas.

Tanto os dados que passaram pelo filtro quanto os que não passaram apresentaram o mesmo resultado.

A conclusão é que não importa saber qual é a melhor dieta para emagrecer. Importa sim saber se a pessoa vai ou não seguir a dieta. Algo que a maioria de nós já sabia intuitivamente.

Embora não seja uma descoberta bombástica ou revolucionária, o estudo é de extrema importância quando falamos de saúde baseada em evidências científicas.

Especialmente em um momento em que existe um marketing agressivo na internet prometendo a todo instante uma nova e melhor dieta para emagrecer.

Os especialistas que participaram desse estudo, financiado pelo Instituto de Saúde Pública do Canadá, afirmaram em suas declarações de interesse que não estavam envolvidos com nenhuma das dietas analisadas.

Todos eles eram especialistas não em emagrecimento, mas sim em metodologia científica, números e estatísticas. Isso é o mais importante nesse tipo de estudo comparativo, chamado tecnicamente de meta-análise.

Por isso, a partir de agora você pode ignorar com segurança quando ouvir alguém dizer que conhece a melhor dieta para emagrecer.

Isso não existe. Cada pessoa é diferente e você tem que encontrar o que é melhor para você.

O que nos leva a dois conceitos muito importantes: individualidade e adesão.

O princípio da individualidade e a importância da adesão

Qual é a melhor dieta para emagrecer
Quando procuramos saber qual é a melhor dieta para emagrecer, na verdade estamos buscando uma única resposta que sirva para todas as pessoas.

O que o estudo prova é que essa resposta não existe.

A conclusão dos pesquisadores é que, em vez de buscar a melhor dieta para emagrecer, você deveria buscar a dieta mais fácil de ser seguida por você. É o que eles chamam de adesão à dieta.

Visto que, na média, todas as dietas apresentam resultados semelhantes, o que vai fazer toda diferença é a sua capacidade de aderir à dieta.

Algumas vão colocar no seu prato coisas de que você não gosta. Outras vão retirar coisas que você gosta.

Tentar se manter em uma dieta comendo só o que você não suporta não é sustentável a longo prazo.

A maioria de nós sabe disso. Ainda assim, continua tentando emagrecer por meio de regimes de privação só por que ele funcionou para alguma celebridade ou algum conhecido.

Isso é ignorar a individualidade, o princípio de que diferentes pessoas reagem de maneira diversa a diferentes dietas.

Em outras palavras, quanto menor for o atrito ou dificuldade de você aderir à dieta, melhor. O problema é que qualquer dieta pronta vai trazer atritos. Não há como um plano único funcionar para todas as pessoas.

Qual seria a solução? Focar em uma reeducação alimentar individualizada.

O que aconteceria se você trocasse a melhor dieta para emagrecer por uma reeducação alimentar individualizada?

Reeducação alimentar
Neste artigo, você viu que um criterioso estudo científico comparou 11 dietas famosas em mais de sete mil pessoas para chegar à conclusão de que não existe uma melhor dieta para emagrecer.

Todas elas, na média, apresentaram o mesmo resultado: perda de cerca de 8 quilos em um período de 6 a 12 meses.

A conclusão do estudo foi a de que mais importante do que saber qual é a melhor dieta para emagrecer de maneira geral é descobrir qual é a melhor dieta que funciona para você.

O que nos leva à questão da reeducação alimentar individualizada.

Quando pensamos em dieta, pensamos em um regime de privação. Algo que dura determinado período para atingirmos uma certa perda de peso.

Já quando falamos em reeducação alimentar, estamos falando da adoção de um estilo de vida que nos faça comer majoritariamente os alimentos de que gostamos e que favoreça a nossa saúde. Sem prazo para acabar.

Nenhuma dieta pronta vai satisfazer 100% as suas necessidades, os seus gostos e os seus desejos.

Por isso, eu gostaria de encerrar este artigo com uma reflexão.

O que aconteceria na sua vida se você abandonasse a ideia de encontrar a melhor dieta para emagrecer e passasse a focar em uma reeducação alimentar individualizada?

Com a reeducação alimentar, você ganha liberdade, flexibilidade e a possibilidade de seguir a vida toda com saúde de maneira sustentável e natural para o seu estilo de vida.

É isso o que fazemos, por exemplo, no Emagrecimento Natugood. Se você tem interesse em conhecer mais sobre esse projeto, veja aqui uma aula gratuita para começar a colocar em prática o que aprendeu neste artigo.

Seiiti Arata

Orientador nos cursos Arata Academy, que já impactaram dezenas de milhares de estudantes em cinco continentes. Profissional de desenvolvimento pessoal considerado escolha número um (top of mind) por líderes, empresários, estudantes e formadores de opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

462 membros Ícone do Desafio jfb_p_buttontext

Não perca essa oportunidade:
Comece a mudar agora mesmo

Basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext