Inscrições Abertas pra nossa Academia »

Deixe-me lhe fazer uma pergunta. Você gostaria de saber como vencer a preguiça de uma vez por todas?

Gostaria de ter a energia e a motivação para sair da inércia e começar a se movimentar rumo aos maiores objetivos da sua vida?

Teria interesse em aprender 5 técnicas para vencer a preguiça de estudar, de malhar ou de acordar cedo?

Se você respondeu sim a qualquer uma dessas perguntas, você está no lugar certo.

Nas próximas linhas, vamos ver em detalhes:

  • Por que a preguiça te afasta dos seus maiores sonhos fingindo-se de amiga
  • O que é a preguiça e qual a diferença para a procrastinação
  • 5 técnicas que provam que você não é (nem nunca foi) uma pessoa preguiçosa

Temos muito a cobrir neste artigo. Então deixe a preguiça de lado e vamos começar já.

Por que a preguiça te afasta dos seus maiores sonhos fingindo-se de amiga

Como vencer a preguiça

A primeira coisa que você precisa entender no estudo sobre a preguiça é que ela finge que é sua amiga.

Ninguém desgosta da preguiça.

Ao contrário, gostamos de ficar embaixo da coberta quente para dormir um pouco mais.

Gostamos de ver só mais um episódio daquela série em vez de fazer outra coisa.

E gostamos de tudo isso por que, cientificamente falando, a preguiça é uma característica evolutiva.

O professor Christopher Hsee, da Universidade de Chicago, realizou um estudo para comprovar que a preguiça é uma tendência natural do ser humano para poupar energia.

Durante a nossa evolução, poupar energia podia fazer a diferença entre a vida e a morte.

O ser humano não possuía uma abundância de alimentos disponíveis e era presa fácil para predadores maiores. Por isso, precisava ter energia tanto para encontrar sua comida quanto para não ser alimento de outros animais.

O problema é que, hoje em dia, a tendência a ficar sem fazer nada, poupando energia, pode estar nos afastando dos nossos maiores sonhos.

O que é a preguiça e qual a diferença para procrastinação

Bicho preguiça com preguiça gigante

Um dos artigos mais famosos do Mude Você é aquele que ensina como combater a Procrastinação.

Mas, afinal, qual a diferença entre procrastinação e preguiça?

É fato que são duas coisas bastante parecidas. Para efeitos deste artigo, vamos considerar procrastinação a tendência de fazer outras atividades quando na verdade sabemos que deveríamos estar fazendo algo mais importante.

E vamos considerar a preguiça simplesmente a inércia, desânimo ou falta de vontade de fazer qualquer coisa.

Quando o problema da preguiça se agrava, você começa a pensar demais e a duvidar de você mesmo, questionando se tudo o que está fazendo na vida está valendo a pena.

Sabe aqueles dias em que você não sente vontade de fazer absolutamente nada?

Essa é a preguiça.

E agora que você a conhece, vamos ver como vencê-la.

5 técnicas que provam que você não é (nem nunca foi) uma pessoa preguiçosa

Como vencer a preguiça de estudar

A melhor forma de vencer a preguiça é desafiando a sua própria maneira de pensar. É alterando a perspectiva que você tem de si mesmo como uma pessoa preguiçosa.

O fato é o seguinte. A preguiça é um estado, não uma característica permanente.

É certo você dizer que em determinado dia está com preguiça de fazer alguma coisa. Isso é absolutamente normal.

O que não é acurado é dizer para si mesmo que você é uma pessoa preguiçosa. E as técnicas abaixo vão mostrar isso com absoluta clareza.

Como vencer a preguiça #1: Assumir a responsabilidade

Como vencer a preguiça

A primeira técnica para saber como vencer a preguiça é simplesmente assumir a responsabilidade pelo que acontece na sua vida.

Em outras palavras, parar de procurar um culpado pela sua falta de vontade de agir.

Não é o frio. Não é o prato de macarrão. Não é a sua idade.

A responsabilidade pelo que acontece, e também pelo que não acontece, na sua vida é 100% sua.

Uma boa maneira de você assumir essa responsabilidade é deixar o ego um pouco de lado e parar de se ver como o centro de todas as coisas.

Mova sua mente para qualquer outro lugar e você verá a fantasia de que você é o centro do universo rapidamente perder força.

A melhor maneira de fazer isso é simplesmente procurando ajudar outras pessoas. Com isso, você não apenas as auxilia a vencer a preguiça delas, mas também se coloca em movimento e quebra a sua própria inércia.

Essa é a primeira e fundamental técnica para saber como vencer a preguiça: assuma a responsabilidade, saia do centro do universo e ajude outras pessoas no que estiver ao seu alcance.

Isso é o que chamamos de mentalidade de Piloto, aquela que te coloca no controle da sua própria vida, direcionando-a para onde você quer.

É o contrário da mentalidade de Passageiro, aquele modo de pensar que nos coloca como passageiros das circunstâncias externas, sendo levados de um lado para outro de acordo com os acontecimentos.

Se você tem interesse em aprender mais sobre isso, preencha seu email abaixo para ser avisado sobre a abertura de novas turmas do curso on-line Pilotando Sua Vida:

Informe seu email para confirmar o interesse no curso.

Como vencer a preguiça #2: Perceber que você não tem preguiça para muitas coisas

Jogo de celular

Uma garota tinha a crença pessoal de que era muito preguiçosa. Tinha o hábito de deitar na cama, debaixo das cobertas, e maratonar séries de TV.

Ela já conseguiu ver uma temporada inteira de uma só vez. Treze horas na frente da televisão para terminar de ver a série.

Você acha que essa é uma pessoa preguiçosa?

Será mesmo que uma pessoa preguiçosa consegue dedicar 13 horas da própria vida para concluir um objetivo?

A verdade é que geralmente temos preguiça de colocar energia em determinada atividade de que não gostamos, mas ao mesmo tempo colocamos energia em outra atividade que apreciamos.

Ou seja, você não é uma pessoa preguiçosa. Apenas tem preguiça de fazer determinada coisa em detrimento de outra.

A segunda técnica sobre como vencer a preguiça, portanto, é perceber quais são essas atividades e as trocar de lugar, colocando uma como prêmio da outra.

Por exemplo, se você está com preguiça de ler um livro por 30 minutos, mas não te falta ânimo para jogar um videogame por uma hora, inverta a situação.

Determine para si mesmo que vai ler o livro por 30 minutos e, como prêmio, vai se permitir jogar videogame por uma hora inteira.

O grande truque aqui é que, uma vez que você estiver em movimento, é muito mais fácil se manter em movimento.

Caso o livro seja interessante, provavelmente você vai passar dos 30 minutos iniciais e quem sabe vai até deixar o videogame para outro dia.

Está gostando deste texto?

Conecte seu Facebook para encarar desafios, encontrar parceiros e vencer seus objetivos. É gratuito, basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext

Como vencer a preguiça #3: Quebrar grandes tarefas em ações minúsculas

Pequenos passos

O desejo de estar em outro lugar, de fazer outra coisa, costuma surgir de maneira muito forte quando você busca saber como vencer a preguiça.

É como se essas mudanças pudessem resolver todos os problemas de uma vez por todas.

Uma mudança para uma nova cidade, um bom dinheiro na conta bancária, o parceiro ou parceira ideal e tudo ficaria perfeito.

Sabemos que isso não irá acontecer de uma hora para outra, mas continuamos alimentando essa mania de grandeza.

A verdade, no entanto, é que qualquer grande projeto só pode ser executado um pequeno passo de cada vez.

Então, se você está com preguiça de fazer uma coisa, quebre-a em pedaços menores. Pedaços tão pequenos que seja impossível não os fazer.

Por exemplo, você pode estar com preguiça de sair para correr. Mas será que tem preguiça apenas de calçar o tênis? Apenas o pé direito do tênis?

Além de dividir grandes tarefas em pequenos passos, é fundamental que você celebre cada pequena vitória.

Essa pequena celebração serve para liberar dopamina, um neurotransmissor fundamental para o sistema de motivação e recompensa que existe no cérebro humano.

Dois pontos para você guardar na memória:

  • Vive melhor aquele que consegue sentir-se satisfeito estando onde está no momento em que está.
  • Vive frustrado aquele que está sempre desejando algo diferente do que possui no momento.

Se você usar o seu tempo e a sua energia para pensar em tudo o que poderia ser e não é, você estará construindo na sua cabeça um cenário cada vez mais deprimente e opressor.

Quebre seus grandes projetos em pequenas tarefas fáceis de ser cumpridas. Cumpra-as e comemore. Esteja presente e viva o presente.

Como vencer a preguiça #4: Balancear Dor e Prazer

Dor e Prazer

Diversos estudos científicos mostram que o ser humano age ou deixa de agir com base na relação entre dor e prazer.

Enquanto não fazer uma tarefa for mais prazeroso do que a dor de não fazer a mesma tarefa, a preguiça vai bater na sua porta.

É por isso que você tem preguiça para fazer a declaração de Imposto de Renda, por exemplo. Enquanto der para adiar, você adia.

Quando vai se aproximando o prazo final, entretanto, a dor de poder receber uma multa da Receita Federal torna-se maior do que a dor de preencher a tal declaração. Assim, você vai lá e faz.

A quarta técnica sobre como vencer a preguiça, portanto, é manipular essa relação dor e prazer a seu favor.

A melhor maneira para isso é traçar metas que tragam o futuro para mais perto do presente. Só assim você consegue equilibrar a luta entre dor e prazer.

Como vencer e preguiça #5: Tornar fácil o que é difícil

Como vencer a preguiça e o desânimo

A última das técnicas sobre como vencer a preguiça é você intencionalmente tornar fácil o que te dá preguiça. E tornar difícil o que não te dá preguiça.

Por exemplo, se você quer se exercitar toda manhã, mas não sabe como vencer a preguiça de malhar, precisa tornar a sua ida para a academia a coisa mais fácil do mundo.

Isso significa, na noite anterior, deixar separado sua roupa de malhar, seu tênis, seu café da manhã.

A ideia aqui é criar um ambiente que reduza ao máximo as suas chances de dizer: não vou hoje, estou com preguiça.

O contrário também é verdadeiro.

Se você costuma perder o ímpeto de ir malhar de manhã cedo porque fica olhando as redes sociais no celular assim que acorda, torne difícil pegar o celular de manhã.

Em vez de colocá-lo ao lado da cama, esconda-o dentro do seu tênis de malhar. Desligado. No modo avião.

Quanto mais barreiras houve entre você e o hábito que você quer abandonar, melhor.

Conclusão: Como seria a sua vida se soubesse como vencer a preguiça todo santo dia

Preguiça

Parabéns por ter chegado até aqui. Esperamos que a leitura tenha sido enriquecedora e que você tenha se conscientizado de que não é uma pessoa preguiçosa, mas simplesmente que tem preguiça de fazer certas atividades.

E para vencer essa preguiça, você aprendeu 5 técnicas simples porém bastante efetivas:

  1. Assumir a responsabilidade
  2. Perceber que você não tem preguiça para muitas coisas
  3. Quebrar grandes tarefas em ações minúsculas
  4. Balancear Dor e Prazer
  5. Tornar fácil o que é difícil

Você já imaginou como seria a sua vida se soubesse como vencer a preguiça todo santo dia?

Com essas técnicas, você está plenamente apto a fazer isso. No entanto, verá que algumas vezes render-se à preguiça e descansar um pouco não é má ideia.

Para finalizar, gostaríamos de saber a sua opinião sobre esse artigo.

Comente abaixo e conte-nos as suas impressões, dúvidas ou sugestões.

Uma última pergunta: você conhece alguém que se considera preguiçoso e poderia ser beneficiado por essas 5 técnicas?

Então compartilhe esse artigo com essa pessoa. Vamos espalhar essas técnicas, por um mundo menos preguiçoso.

André Valongueiro

André Valongueiro é coach, educador e escritor. Vive a vida nos seus próprios termos, viajando o mundo enquanto trabalha 100% online. Aprendeu a arte de realizar sonhos com paz e sem ansiedade e quer ajudar você a fazer o mesmo. Visite o blog pessoal.

Walmar Andrade

Walmar Andrade é bacharel em Comunicação Social, com extensão em jornalismo on-line (UFPE), MBA em Planejamento, Gestão e Marketing Digital (FECAP-SP) e Master en Comunicación Empresarial (INSA-Barcelona). Escreve sobre comunicação e marketing digital no blog Fator W.

4 Comentários

  1. Gostei muito do artigo sobre “Como vencer a preguiça…”.
    As suas matérias me inspiram a querer ser uma pessoa melhor.
    Com certeza esse é o proposito da sua vida, continue sendo usado oor Deus para incentivar outras pessoas a encontrar o seu próprio propósito.
    Muito obrigada por tudo o que você tem escrito e me inspirado.

    Responder
  2. Obrigada por este artigo.
    Eu não sou preguiçosa.

    Responder
  3. Excelente post, gostei especialmente da dica nº 2.

    Responder
  4. Artigo excelente, como de costume!
    Muito grata.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3.873 membros Ícone do Desafio jfb_p_buttontext

Não perca essa oportunidade:
Comece a mudar agora mesmo

Basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext