Você é daquelas pessoas que, de tanto tentar e não conseguir, já perdeu a crença nas suas próprias resoluções de ano novo?

Se sim, eu gostaria de te propor neste post uma nova maneira de ver as coisas. Uma maneira que foi testada pela ciência e que, comprovadamente, é mais eficiente.

Com esse pequeno truque, você vai ser capaz de finalmente traçar resoluções de ano novo que viram realidade. Esse truque já foi usado por milhares de pessoas e teve sua eficiência validada por uma criteriosa pesquisa científica.

Se você tem interesse em descobrir que truque é esse, siga lendo este post para saber:

  • O que são resoluções de ano novo
  • Um truque científico para traçar resoluções que viram realidade
  • 5 razões pelas quais só 8% das pessoas cumprem resoluções de ano novo
  • Dicas práticas sobre como realizar suas resoluções de ano novo
  • O que aconteceria se esse ano fosse diferente?

Vamos começar com um vídeo para você entender o que são essas famigeradas resoluções de ano novo.

O que são resoluções de ano novo?

Resoluções de ano novo são aquelas promessas que muitas pessoas fazem quando o dia 31 de dezembro se aproxima.

A promessa de se alimentar melhor. De praticar exercícios. De ler mais livros.

Provavelmente você mesmo já fez alguma dessas promessas.

Dependendo do lugar, estatísticas mostram que de 30% a 50% da população tem o hábito de fazer resoluções de ano novo. Mas só 8% das pessoas cumprem suas resoluções.

Por que isso acontece?

A principal razão é a falta de comprometimento total.

Fazer uma promessa de ano novo é fácil. Agora se comprometer a transformar aquela promessa em realidade é bem mais difícil. É algo que requer tempo, dedicação, energia, prioridade, paciência.

Sem isso, você corre o risco de se tornar mais uma daquelas pessoas reativas, que vive reclamando que não consegue cumprir seus objetivos graças a uma gigantesca lista de desculpas.

Se você não quer esse tipo de decepção, então precisa começar a trabalhar de maneira inteligente para transformar suas resoluções em realidade.

Por outro lado, se esse trabalho se transformar em um verdadeiro martírio para você, talvez seja hora de rever o que você prometeu.

Será que as suas resoluções se alinham com o seu estilo de vida? Será que você realmente quer para si o que prometeu?

A verdade é que se você está se sacrificando demais para fazer algo que considera desagradável, provavelmente há algo errado com as suas resoluções de ano novo.

Seja por falta de comprometimento ou por ter traçado as metas erradas, quando você não cumpre suas resoluções, você cria uma espécie de dimensão paralela.

Vamos ver, então, como acabar com essas dimensões paralelas.

Um truque científico para traçar resoluções que viram realidade

Quando o assunto é resolução de ano novo, parece haver duas dimensões paralelas: o que você fala da boca para fora e o que realmente acontece.

Para fechar essas dimensões, você pode aplicar um truque científico bem simples de implementar para mudar a forma como você traça suas resoluções.

Se você não implementar esse truque, a estatística mostra que dificilmente você conseguirá ficar entre os 8% das pessoas que cumprem suas promessas de ano novo.

O truque é bem simples: faça perguntas antes de fazer promessas.

Alguns anos atrás, dois psicólogos da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos, realizaram um estudo chamado A Solução para as Resoluções de Ano Novo.

Durante dois anos, o estudo acompanhou promessas de ano ano de 200 pessoas, verificando que nada menos que 77% das pessoas abandonam as resoluções na primeira semana do ano!

Uma das conclusões a que o estudo chegou foi a de que é preciso mudar a forma como as resoluções são feitas. É preciso usar mais perguntas.

Por exemplo, em vez de você prometer que no ano novo vai começar a ser uma pessoa que faz exercícios regularmente, você deve antes se fazer uma pergunta: será que esse ano vai valer a pena eu me exercitar mais?

Substituir promessas vazias por perguntas poderosas que te fazem refletir vai mudar a maneira como o seu cérebro funciona na hora de tomar decisões.

Quando você faz perguntas, especialmente por escrito, você está influenciando o seu comportamento futuro.

Vamos voltar agora ao exemplo.

Se você refletiu bem e respondeu que sim, vale a pena se exercitar mais esse ano, na hora de decidir entre dormir mais um pouco ou levantar para fazer seus exercícios, seu cérebro já vai estar predisposto a escolher a segunda opção.

Está gostando deste texto?

Conecte seu Facebook para encarar desafios, encontrar parceiros e vencer seus objetivos. É gratuito, basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext

Depois das perguntas, as resoluções

Após refletir seriamente sobre a pergunta, você pode escrever as suas resoluções de ano novo.

Lembre-se apenas de direcionar o seu foco para comportamentos positivos. Por exemplo, em vez de escrever algo como “esse ano eu não vou mais fumar”, escreva “esse ano eu vou me exercitar toda manhã”.

Com esse truque das perguntas, você já sairá na frente da maioria das pessoas que traçam resoluções de ano novo.

Mas, para aumentar suas chances de sucesso, vamos ver também os principais motivos pelos quais apenas 8% das pessoas cumprem resoluções de ano novo.

Por que só 8% das pessoas cumprem resoluções de ano novo

Por experiência prática, todo mundo sabe que as resoluções de ano novo tendem a fracassar miseravelmente. Tanto que elas até já viraram piada para alguns.

A pergunta que precisamos fazer é: por que elas fracassam? É por preguiça? Por azar? Por algum elemento externo?

Na verdade, existem cinco grandes motivos pelos quais essas promessas mal chegam ao carnaval. Vamos conhecer cada um deles.

1. Falta de um plano inteligente

Resoluções de ano novo

A principal causa do fracasso de uma resolução de ano novo é a falta de um plano inteligente. Ou mesmo de qualquer plano.

Quantas vezes você já não disse a si mesmo que no ano novo ia estudar mais, cuidar melhor da saúde, ficar mais com a família?

Agora, quantas vezes você sentou e escreveu um plano para transformar essas metas em realidade?

E veja que não basta ter um plano qualquer. O plano precisa ser inteligente, precisa se adaptar ao seu cotidiano e ser realista.

Se você se esforça muito e não tem resultados, talvez a estratégia não seja boa. Ou no mínimo o plano não foi bem implementado.

Caso a estratégia esteja errada, por mais que você se esforce, o resultado não vai aparecer. Por você deve avaliar cuidadosamente a qualidade do seu plano.

2. Falta de clareza

Resolução de ano novo significado

Seu objetivo de ano novo precisa ser claro e específico.

O que significa dizer que esse ano você vai estudar mais?

Estudar mais, na prática, significa quantas horas de estudo por dia? Por conta própria ou em um curso? Sobre quais assuntos?

Quanto mais claro e específico você for, melhor. Você pode usar a seguinte escala para deixar suas resoluções de ano novo bem específicas:

  1. Resolução = Sonho ou desejo.
  2. Resolução + Prazo = Objetivo
  3. Resolução + Prazo + Plano = Intenção
  4. Resolução + Prazo + Plano + Ação Consistente = Sucesso
  5. Reflexão + Resolução + Prazo + Plano + Ação Consistente = Satisfação

Em outras palavras, não basta apenas traçar uma resolução de ano novo. Isso é o que todo mundo faz.

Como dissemos antes, primeiro você precisa fazer perguntas para refletir sobre o que você realmente quer.

Depois você traça a resolução. Define um prazo. Traça um plano. E começa a agir consistentemente seguindo o plano para transformar aquela resolução em realidade.

Agora, para manter essa consistência, você precisa criar sistemas.

3. Falta de sistemas

O que são resoluções de fim de ano

Para ter consistência durante todo o ano e não ver a sua resolução morrer antes do Carnaval, crie sistemas.

Você não pode confiar apenas na sua força de vontade, pois esse é um recurso limitado, incapaz de sustentar uma resolução durante o ano inteiro.

Em vez disso, você precisa criar sistemas que facilitem o cumprimento da sua meta.

Por exemplo, se você prometeu que ia fazer natação em dias específicos, corre um grande risco de faltar aos treinos se confiar apenas na sua força de vontade.

O que você quer é criar um sistema que aumente suas chances de ir nadar mesmo nos dias em que falta força de vontade.

Você pode, por exemplo, convidar um amigo que tenha facilidade de acordar cedo para fazer o treino junto com você. Afinal, nossa tendência natural é de furar menos compromissos quando há outras pessoas envolvidas.

No artigo 10 simples passos para você cumprir suas metas, nós apresentamos um sistema bem detalhado para o cumprimento de objetivos.

4. Falta de autoconfiança

O que mudar no ano novo

Fazer resoluções de ano novo e não as cumprir tem um efeito duplamente negativo.

Além de não realizar o objetivo em si, você pode começar a não acreditar mais na sua própria palavra.

Esse é um problema que pode afetar a sua própria identidade: a crença de que você não consegue fazer nada.

É por isso que tanta gente já abandonou a ideia de criar resoluções de ano novo, considerando ser pura perda de tempo..

A boa notícia é que essa é apenas mais uma história que contamos para nós mesmos. Se você seguir as dicas deste post, suas resoluções têm enormes chances de se tornar realidade. E aí você pode contar uma história diferente, uma que te dê mais confiança.

Mas você precisa fazer isso agora.

5. Deixar para depois

Metas de ano novo

Se você tem o costume de deixar para fazer algo amanhã, faça um pequeno teste. Anote o que prometeu e veja o que acontece quando esse amanhã chegar.

Caso você deixe novamente para outro dia o que deveria estar fazendo, provavelmente você é mais uma pessoa que sofre com o mal da procrastinação.

Deixar para depois nunca funciona. O ideal é você começar já, pois somente a ação quebra o círculo vicioso da procrastinação.

Se a tarefa para hoje parece intimidadora, defina planos menores, com passos mais curtos. Crie tarefas tão pequenas que seja impossível não entrar em ação.

Assim você quebra a inércia, entra em ação e pode começar um ciclo de melhoria contínua.

Agora que conhecemos as cinco principais razões pelas quais as metas de ano novo costumam fracassar, vamos finalizar com algumas dicas práticas para você conseguir cumprir as suas.

Dicas práticas sobre como realizar suas resoluções de ano novo

A principal dica prática para você cumprir suas resoluções esse ano é utilizar o truque validado pela ciência que explicamos mais acima: faça perguntas, reflita sobre o seu passado e o seu futuro.

Esse pode ser o passo mais difícil de todos, por exigir grande autoconhecimento. Busque um momento de silêncio e introspecção para analisar o caminho que você vai percorrer ao longo do ano.

Nesse ponto, nós somos como a figura mitológica de Jano, o deus romano das mudanças e transições que deu origem ao nome do mês de Janeiro.

Jano é historicamente representado como sendo uma figura com dois rostos, um olhando para o futuro e outro para o passado.

Você deve fazer o mesmo.

Primeiro, analise o ano que passou. O houve de bom e de ruim? Quais conhecimentos você aprendeu? Quais habilidades lhe faltaram?

Depois, olhe para frente. Pergunte-se qual caminho que você quer percorrer nos próximos 365 dias.

O que é importante para você? O que você mais valoriza? O que quer ver mais e o que quer ver menos na sua vida?

A partir dessa reflexão, perceba o que está faltando ou precisa ser mudado.

Crie um plano de vida para ter respostas para perguntas como:

  • Quais novos hábitos em preciso implementar com consistência?
  • Quais comportamentos eu quero modificar ou abandonar?
  • Quais pessoas podem acabar sabotando meus planos?
  • Quais habilidades eu preciso desenvolver?
  • Quais crenças estão limitando o meu progresso?
  • Que tipo de abuso eu não vou mais tolerar?

Agindo dessa maneira, suas chances de transformar em realidade suas metas de ano novo aumentam exponencialmente. E você pode estar a menos de um ano de ter a vida que sempre sonhou.

O que aconteceria se esse ano fosse diferente?

Resoluções de ano novo

No vídeo logo acima, eu contei a história do burro que morreu de sede e de fome por não saber escolher entre um balde de água e um balde de capim.

O burro acabou morrendo por não perceber a dimensão do tempo. Ele poderia perfeitamente priorizar um dos baldes, comer ou beber, e na sequência partir para o segundo objetivo.

Muitas vezes nós nos comportamos da mesma forma. Temos múltiplos objetivos, queremos trabalhar em várias coisas ao mesmo tempo, tentamos abraçar o mundo e acabamos ficando sem nada.

Suas resoluções de ano novo podem até trazer grandes aspirações, mas você não pode deixar que isso te paralise.

Por isso, em vez de fazer dezenas de promessas grandiosas para si mesmo, escolha apenas a mais importante para priorizar.

Comece a trabalhar nela, veja os resultados aparecerem, e quando estiver com um sistema consistente em funcionamento, passe para a próxima.

Só não fique paralisado. Você precisa agir.

Aproveite as lições do passado e permita que o futuro traga a inspiração para transformar em realidade o futuro que você visualiza para si mesmo.

Não importa se você esteja vendo este post em dezembro, janeiro, junho ou qualquer outro mês do ano.

Em qualquer dia que você esteja, daqui a 365 dias um ano terá se passado. Você não precisa esperar o réveillon ou qualquer outra data “mágica” chegar para começar a agir.

Aja agora e comece a colher os resultados hoje mesmo.

Se você precisar de ajuda para isso, veja nossa aula especial Novo Ano Novo – por um ano mais feliz, produtivo e com realizações nas áreas que importam para você.

Seiiti Arata

Orientador nos cursos Arata Academy, que já impactaram dezenas de milhares de estudantes em cinco continentes. Profissional de desenvolvimento pessoal considerado escolha número um (top of mind) por líderes, empresários, estudantes e formadores de opinião.

1 Comentário

  1. Foi um prazer imenso poder ouvir e ler suas dicas valiosas, descobri seu site em um artigo no site O Segredo. Adorei, me inscrevi no site e vou ler e ouvir mais outros conteúdos que gostei. Um grande abraço! Louette Piaggi

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4.480 membros Ícone do Desafio jfb_p_buttontext

Não perca essa oportunidade:
Comece a mudar agora mesmo

Basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext