Há muitas pessoas tatuadas por aí e há possivelmente um número ainda maior de pessoas que desejam tatuar-se.

Algumas delas irão em frente e realizarão esse sonho, enquanto outras serão freadas pelo medo, pelo receio, pela indecisão e/ou pela dúvida. Cada um possui os seus próprios motivos para seguir em frente ou não e isso sempre deve ser respeitado.

Esse é o desafio Fazer uma (ou várias!) tattoos e você pode encará-lo! ;)

Sobre o preconceito

André Valongueiro e suas tatuagens

As tattoos do autor!

Sendo muito direto com vocês: no momento em que escrevo esse artigo eu posso afirmar que nunca fui discriminado abertamente por possuir tatuagens.

Não estou afirmando que não há preconceito e que nunca o sofri. Em algum momento certamente devo ter sido discriminado de maneira velada, mas eu sinceramente nunca consegui sequer perceber isso.

Há quem se incomode com o preconceito velado e “discreto”, mas eu, pessoalmente, sequer penso no assunto. Há muitas outras coisas a serem feitas e desafios a serem cumpridos! ;)

A verdade é que tattoos são bem populares atualmente. Muitas pessoas as possuem e há uma legião de curiosos e interessados que cresce diariamente.

Já fui perguntando sobre questões referentes a tatuagens em vários tipos de lugares diferentes, entre eles filas de supermercado, filas de banco, pontos de ônibus, transportes coletivos, ambiente de trabalho, restaurantes e a diversos outros lugares e nunca detectei preconceito durante essas abordagens. Sempre observo certa admiração, se não pelas tattoos em si, pela minha coragem e “brabeza” em possuir um número relativamente grande delas.

Sobre a motivação para tatuar-se

Cada um possui as suas próprias motivações para tatuar-se. Há homenagens a ídolos, familiares e filhos, há a vontade de gravar na pela uma frase que nunca deve ser esquecida, há tattoos com objetivos meramente estéticos e há, acredite, pessoas que tatuam-se por necessidade profissionais.

Lembro de ter lido há alguns anos atrás uma entrevista feita pela revista Guitar Player com o guitarrista americano John 5, na época músico contratado para integrar a banda do controverso e “super marketeiro” Marilyn Manson.

Na entrevista John 5, um músico fantástico e de altíssimo nível, dizia que o seu papel enquanto músico profissional era o de fornecer aos artistas que o contratavam um “pacote completo”. John 5 entendia que ser um guitarrista tecnicamente competente não era o suficiente para tornar-se um profissional de alto valor de mercado.

As tattoos eram necessárias. O visual e a presença marcante em cima do palco também eram oferecidos aos seus clientes. Era necessário ser um artista completo e não “apenas” um bom instrumentista. E isso faz todo sentido quando se é um músico profissional de Rock.

Eu, particularmente, comecei a me tatuar por conta da minha grande paixão pela música pesada, especialmente o Death Metal. Desde muito jovem eu já tinha o desejo de possuir tattoos e me sinto feliz por ter seguido em frente e realizado esse grande sonho.

Vamos aprender algo: sonhos existem para serem realizados! Não faz sentido sonhar ou desejar algo se você não canalizar a sua energia para torná-lo uma realidade.

Spideman Tattoo

Sobre a dor

“E aí, doeu muito?” Essa é possivelmente a pergunta mais comum a qual todas as pessoas tatuadas precisam responder.

Alguns já a responderam tantas vezes que já estão de “saco cheio” e sempre que ouvem essa pergunta já possuem uma resposta não muito amigável na ponta da língua.

Eu procuro fazer diferente e nunca fiquei irritado por ter que responder esse tipo de pergunta repetidas vezes, praticamente a cada interação social onde o assunto tattoo esteja em pauta.

Costumo responder o seguinte: “Sim, dói, mas é completamente suportável.” E eu estou falando a verdade: é realmente incômodo e boa parte de sua energia “vai embora” após uma sessão de tatuagem, mas é completamente suportável se você estiver disposto fisicamente, bem alimentado e tiver dormido uma boa noite de sono.

Outro ponto importante a ser lembrado é que a dor é passageira, mas a sua tattoo estará com você para o resto da vida! ;)

Tatuando-se

Sessão de Tatuagem

O primeiro passo para quem deseja tatuar-se é, sem dúvida, escolher o que tatuar. A escolha é realmente difícil, mas eu não posso ajudá-lo nesse ponto. Você mesmo precisa tomar uma decisão e escolher o que irá tatuar.

A única dica que eu poderia lhe dar aqui seria: comece pequeno se você possui incertezas sobre a quantidade de dor que consegue suportar.

Melhor uma tattoo simples e pequena, mas finalizada, do que uma enorme que você não conseguiu finalizá-la, seja pelo alto custo ou pela baixa tolerância a dor.

Boa parte dos tatuadores que conheço não gostam de sugerir tatuagens aos seus clientes, especialmente se eles forem se tatuar pela primeira vez, quando as incertezas e dúvidas ainda são grandes. Esse tipo de escolha é totalmente pessoal.

Após ter feito a sua escolha vá até o estúdio do tatuador escolhido por você e apresente a ele o seu desenho, frase ou o quer que tenha escolhido tatuar. Em geral o tatuador fará sugestões com relação ao tamanho e, talvez, ao lugar do corpo onde você irá tatuar-se.

Desenhos com muitos detalhes precisam ser tatuados em um tamanho que permita a reprodução satisfatória dos detalhes. As máquinas de tattoo são muito precisas, mas não tão precisas quanto o lápis ou a caneta. Dê ouvidos ao seu tatuador e acredite quando ele lhe disser que aquele super desenho cheio de detalhes não pode ser feito naquele pequeno espaço do seu corpo.

Outro ponto de extrema importância: escolha o seu tatuador com cuidado e não economize!

Tenha em mente que tattoos não são produtos: tatoos são trabalhos artísticos! E trabalhos artísticos possuem valor subjetivo. Se você escolheu o seu tatuador por gostar do trabalho dele e confiar nele para marcar a sua pele para sempre então pague o valor que o artista está pedindo pelo seu trabalho. Não economize!

A minha última dica para você é a seguinte: na noite anterior ao dia em que você for se tatuar tente dormir cedo e ter uma ótima noite de sono. Durante o dia da sessão alimente-se bem e esteja disposto fisicamente. Isso é mais do que suficiente para garantir que você será capaz de tatuar-se sem maiores problemas!

Boa sorte, o desafio está feito! ;)

P.S.Se você quer saber como montar um plano de vida que te faça assumir o controle do seu próprio futuro, clique aqui para receber uma aula especial do curso Planejando Sua Vida.

André Valongueiro

André Valongueiro é coach, educador e escritor. Vive a vida nos seus próprios termos, viajando o mundo enquanto trabalha 100% online. Aprendeu a arte de realizar sonhos com paz e sem ansiedade e quer ajudar você a fazer o mesmo.

9 Comentários

  1. Tenho muitas em mente, mas vou começar com uma pequena!
    Desafio mais do que aceito! *-*

    Responder
  2. Eu tenho a frase “Nunca vi algo selvagem sentir pena de si mesmo” nas costas. Tirei do original “Self-pity”, um poema inglês, de D.H.Lawrence. Tenho paixão pela minha tatuagem. Nunca fui vítima de preconceito por conta dela, pelo menos, não que eu saiba, como disse o André. Pelo contrário, por diversas vezes já tive de arregaçar minhas vestimentas para que pessoas na rua pudessem ler, à pedido delas mesmas.
    É uma frase que significa muito para mim, e que eu já tinha em mente tatuá-la desde os 7 anos de idade.
    Pretendo fazer outras tatuagens; aliás, muitas outras…

    Responder
  3. A ideia de fazer uma tattoo surgiu da necessidade de expressar o que sou além da pele! No sentido mais prático possível, nada melhor que começar pela casca.

    Nosso corpo, nossa imagem, toda essa casca, essa pele que nos envolve, é tão limitada. Coberta por fantasias em tecidos: modismos, desajustes, reajustes, panos, trapos, cetin, linho, brim…tanto faz! não conseguem expressar todo o interior. Então uns rasgam tudo, outros puxam, esticam, exercitam e aumentam a qualquer custo. A unanimidade quer enxugar, diminuir, emagrecer. Mas a pele não cabe em si, o suor sempre escorre, transborda!

    Eu quero transbordar, quero ecoar e colorir, quero transcender, iluminar, resplandecer e ao mesmo tempo evaporar feito chuva fininha debaixo do sol. Sou pura contradição ou mera exceção?

    Mas eu poderia explodir! Quero que o mundo se exploda primeiro! E você, se explodir vai virar o que? purpurina? Uns viram pipoca, outros viram poeira… Talvez eu vire chuva ácida ou uma simples nuvem passageira. Mais uma vez, tanto faz.
    Uma tatoo vai marcar essa casca, vai ferir essa pele que sufoca toda vez que o externo aperta, limita, empurra, julga, condena e discrimina. Essa pele vai falar, seja lá o que for para o mundo inteiro toda, vez que alguém olhar pra ela: TATTOO!

    Responder
  4. Tenho 4 (quatro tattoos) todos são simbolos que significam algo em minha vida.. Tenho tatuado uma: Águia (Visão, inteligência) Leão (Força, autoridade) Clave de sol (Gostar muito de musica) Omega (Simbolo que aparece na biblia).
    Pretendo fazer uma coroa, cruz e o peixe do cristianismo no braço.
    Lembrando que antes de fazer uma tattoo deve se pensar muito o que significa e o quanto isso pode ou não atrapalhar sua vida em todas as áreas.

    Responder
  5. Quero fazer a minha logo… Mas ainda tenho dúvidas sobre o desenho! Desafio aceito :D

    Responder
  6. Já fiz a minha, foi o presente de aniversário que me dei! :)))

    Responder
  7. Logo de início já quero umas 10 hahahaha mas, uma de cada vez, claro! O problema é que me disseram que a parte do corpo que quero tatuar é uma das que doem mais hahaha quero tatuar a minha primeira no colo xD

    Responder
  8. A vontade eu tenho, os desenhos escolho e os defino sempre, mas sempre falta o tutu ou alguma coisa acontece que nunca faço. Outro fato é que sou peludo e sempre fico na duvida onde colocar a tattoo se ela não for ficar legal! Tenho 7 desenhos para tatuar… 2014 será o ano… É agora, desafio aceito! Até mais, GALERA…*_*

    Responder
  9. Pretendo fazer a minha essa semana …
    Tive uma ideia legal e vou fazer a frase de uma das musicas do Renato Russo Legião urbana ..(Que Amo de paixão)
    “Tempo perdido” ..É uma musica que significa muito pra mim que por incrível que pareça me ajudou a não cair em depressão em um momento muito difícil que passei .. E toda vez que acontece algo parecido lembro da letra e fico bem!!
    Merece ser a minha primeira tatto…

    Se de alguma forma for possível vou Postar a foto pra Todos verem!!
    #DesafioMaisQueAceito

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

879 membros Ícone do Desafio jfb_p_buttontext

Não perca essa oportunidade:
Comece a mudar agora mesmo

Basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext